Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Emergência nuclear é tema de seminário no IRD

O IRD e o Sistema de Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro (Sipron) promoveram nos dias 26 e 27 de junho o seminário Fase Intermediária de uma Emergência Nuclear, no campus do IRD, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.  O objetivo é fornecer subsídios aos integrantes do sistema que atuariam como tomadores de decisão em um cenário de acidente.


Diretor de Radioproteção e Segurança Nuclear da CNEN, durante abertura do seminário

Participaram integrantes de divisões de química, biológica, radiológica e nuclear das Forças Armadas, Corpo de Bombeiros e Defesas Civis estadual e municipal, além de integrantes da Eletronuclear, operadora da central nuclear de Angra dos Reis. O treinamento foi concebido com base em experiências de acidentes anteriores, nas respostas a esses acidentes, além de documentos, requisitos e normas internacionais de segurança relacionadas à preparação e resposta para uma emergência nuclear e radiológica.

Na abertura do evento, o diretor de Radioproteção e Segurança Nuclear da CNEN Alexandre Groman destacou a importância do papel institucional do IRD no atendimento a emergências e capacitação de pessoal há várias décadas. O diretor do IRD Renato Di Prinzio o quanto são essenciais o atendimento e a pronta resposta na área nuclear. Os institutos da Comissão Nacional de Energia Nuclear foram elencados na apresentação do chefe substituto da Divisão de Atendimento a Emergências Radiológicas e Nucleares (Dieme) do IRD, Elder Magalhães.

Raul dos Santos, da Dieme, ministrou as palestras sobre radiação e radioatividade, procedimentos do IRD em situações de emergência e atuação da CNEN nos grandes eventos realizados no Brasil. Amostragem, coleta e análise de amostras ambientais é tema de apresentação de Carlos Henrique Romeiro, da Divisão de Radioproteção do IRD. O sistema de monitoração das estações da CNEN em Angra dos Reis e Paraty também foram tema de palestra.

A atuação das áreas de defesa QBRN e sistema de monitoração Argos, além do sistema meteorológico da Eletronuclear foram temas de outras apresentações.


O treinamento abordou diversos aspectos envolvidos no atendimento de uma emergência nuclear

 

Texto: Lilian Bueno/ Ascom IRD
Fotos: Heloisa Barra/ Ascom IRD

registrado em:
Fim do conteúdo da página