Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Histórico

Criado em 1972 como Laboratório de Dosimetria, o IRD é um dos institutos da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e está subordinado à Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD). Tem como objetivo atuar como centro de referência nacional nas áreas de radioproteção e metrologia das radiações ionizantes em aplicações na indústria, medicina, ciclo do combustível nuclear, assim como em todas as atividades que possam resultar na exposição do homem e do meio ambiente às radiações ionizantes.

Desde 1976, o IRD possui um Laboratório de Dosimetria Padrão Secundário reconhecido pela Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Em 1989, o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO) delegou à instituição a responsabilidade nacional no campo da metrologia das radiações ionizantes, sendo designado Laboratório Nacional de Metrologia das Radiações Ionizantes (LNMRI).

Em 1990 foi homologado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como coordenador de um dos sete centros mundiais de referência, chamados Centros Colaboradores da OMS, para proteção radiológica e preparativos médicos no atendimento a acidentes nucleares e emergências radiológicas.

No período de 1974-2007 o IRD foi subordinado à Diretoria de Radioproteção e Segurança Nuclear (DRS) da CNEN, atuando também na condução de inspeções regulatórias de radioproteção. No período de 2008 a 2016, pertenceu à Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD) da CNEN. A partir de 2017 o IRD voltou a pertencer  a Diretoria de Radioproteção e Segurança Nuclear (DRS) da CNEN.  Atualmente, em seu corpo técnico-científico, 260 funcionários efetivos, dos quais 157 com nível superior, 132 com nível intermediário e 4 com nível auxiliar. Dos funcionários de nível superior, 58 possuem doutorado e 52 possuem mestrado.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página